Quem procura autopeças encontra o que precisa na DISPEMEC

Há mais de 28 anos a DISPEMEC atende às necessidades de clientes que não abrem mão de qualidade, praticidade e segurança na hora de comprar autopeças.

Acesse agora

Posts para » Ruídos

Como identificar válvulas desreguladas no seu carro

blog dispemec

As válvulas são peças essenciais para o funcionamento do carro, pois são elas que permitem a entrada e saída de ar do motor.

Existem dois grupos dessa peça: as válvulas de admissão, responsáveis por puxar o ar para dentro do motor e as válvulas de escape, que fazem os gases acumulados saírem.

Antes das válvulas de admissão abrirem para permitir a passagem do ar, as válvulas de escape precisam fechar, ou seja, elas devem funcionar em perfeita sincronia. Mas, muitas vezes, os motoristas não percebem quando esse processo está desregulado e isso acaba prejudicando todo motor.

Quer saber como identificar possíveis falhas no funcionamento das válvulas? Confira nossas dicas e proteja o seu veículo!

Ruídos estranhos

Fique atento aos sons do seu carro, eles são o sinal mais óbvio de que há algo errado. Pequenos ruídos podem significar que a válvulas precisa de ajustes, como apertar peças frouxas. Se o barulho é forte, o problema pode ser mais grave. Mas, independente do caso, o carro precisa ser levado imediatamente até um mecânico.

Fumaça saindo do motor

Deu a partida e saiu fumaça do motor? Geralmente esse é o sinal do seu veículo de que as vedações das válvulas estão desgastadas e, provavelmente, permitiram que o excesso de óleo passasse pelo local errado.

Perda de potência

Válvulas desreguladas afetam o funcionamento de todos os sistemas presentes no motor, o que faz o veículo apresentar perda de potência. Muitas outras situações podem causar diminuição da potência, mas se isso vier junto com os ruídos, as chances de serem as válvulas são bem grandes.

Aquecimento repentino do motor

Como são responsáveis pela saída e entrada de ar, essa peça também ajuda a regular a temperatura do motor. Então pequenas falhas já  podem gerar aquecimento repentino e, consequentemente, aumento no uso do combustível.

É claro que a análise final deve ser sempre feita por um profissional, mas com alguns cuidados e um pouco de atenção você pode evitar problemas futuros e gastos desnecessários.

Até a próxima,

Equipe Dispemec.com


Os principais sinais de problemas na barra de direção

blog_dispemec_barra_direcao

Ter carro é ótimo: confortável, prático e seguro, mas também significa que você deve estar preparado para lidar com inúmeros inconvenientes da parte mecânica do possante.
E a barra de direção, mesmo sendo um item fabricado para ter longa durabilidade, pode apresentar problemas sérios. Pra não ficar na mão nas estradas ou causar um acidente, é bom ficar de olho no seu carro e se atentar para alguns sinais que indicam possíveis problemas na barra de direção.

Nos veículos de direção mecânica, os principais indícios de que algo está errado são os ruídos estranhos ao virar o volante, volante mais duro do que o normal ou com folga nas engrenagens, gerada pelo esforço das peças, principalmente na ligação entre pinhão e cremalheira.

Outros sinais preocupantes de desgaste da barra de direção:
– Tremor no volante, mesmo em estradas boas, mais comum em curvas, quando o volante tenta estabilizar o controle das rodas.
– O carro todo começa a vibrar, o significa que a comunicação entre pneus e rodas é quase nula.
– Perda de controle do veículo: indica que a barra de direção já está quebrada e os riscos de um acidente são ainda maiores.

Nos carros de direção hidráulica, os sinais são basicamente os mesmos: esforço excessivo nas manobras, excesso de folga (volante muito “solto”), além de ruídos, chiados agudos e vazamentos.

Se você notar qualquer um desses sinais, leve o carro pra uma avaliação mecânica o quanto antes e evite ser pego de surpresa ou acabar se acidentando.

Equipe Dispemec.com

 


Tipos de freio: Saiba manter o controle do seu carro em diversas situações.

Sem título

Um dos grandes trunfos de ser um bom motorista é saber usar o freio do carro. Já parou para pensar se você sabe frear corretamente na chuva? Em pista molhada?

Neste artigo, você vai saber mais sobre freios e aprender a se preparar para cada situação.

Existem dois tipos de freio no mercado automotivo, o freio a disco e o freio a tambor. No freio a disco, pastilhas de freio feitas com material de alta resistência ao calor e ao atrito são acionadas por mecanismos hidráulicos para fazer a parada do sistema móvel. Já no freio a tambor, sapatas alojam as lonas de freio, especialmente desenvolvidas para atrito e fricção e que, em contato com o tambor, forçam a parada. Leia mais…


Seu carro está com ruído estranho? Entenda melhor.

carros

Às vezes seu carro passa alguns “recados”, através de ruídos estranhos, que surgem de uma hora para outra e é muito importante saber entendê-los. Vamos falar de alguns casos, por exemplo:

O motor produz vários ruídos diferentes e cada um pode significar um problema. Os ruídos mais comuns são causados pelos rolamentos que posicionam as correias do motor, mas pode vir também do rolamento da embreagem indicando desgaste excessivo da peça. Leia mais…