Quem procura autopeças encontra o que precisa na DISPEMEC

Há mais de 28 anos a DISPEMEC atende às necessidades de clientes que não abrem mão de qualidade, praticidade e segurança na hora de comprar autopeças.

Acesse agora

Posts para » oficina mecânica

Tudo o que você deve saber sobre embreagem

Tudo sobre embreagem

A embreagem é a peça responsável por transferir a força gerada pelo motor para a caixa de câmbio e para os outros componentes do sistema de transmissão do veículo.

Também é sua função filtrar as vibrações geradas pelo motor em movimento e ajudar a diminuir o desgaste dos itens de transmissão.

Isso significa que a embreagem é fundamental para que o funcionamento do carro seja perfeito. Mas para isso, é necessário tomar alguns cuidados, pois as boas ou más condições da peça estão diretamente ligadas aos hábitos do motorista. Confira essas dicas:

Ponto morto

Ao parar no semáforo ou em congestionamento, coloque no ponto morto e solte a embreagem. Deixar o pé no pedal, mesmo que parado, faz com que haja um desgaste desnecessário da embreagem.

Ao dar a partida

Para dar a partida no carro, pise no acelerador e ao mesmo tempo solte a embreagem. Esse movimento precisa ser sincronizado, pois fazer isso separadamente ou de maneira brusca prejudicam diretamente o motor.

Mudança de marcha

Para mudar a marcha é necessário pisar na embreagem até o final, pisar apenas até uma parte faz com que ela seja gasta com mais facilidade.

É recomendado que seja feita revisões com frequência, para evitar problemas futuros. Caso você não esteja acostumado a fazer a revisão e perceber rangidos no carro, trepidações ou dificuldades de engate, leve imediatamente para que um mecânico faça uma avaliação. Saiba mais no vídeo abaixo:

 

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com

 

 


5 dicas para economizar no combustível do seu carro

uso da gasolina

Economizar no combustível é a meta de muitos motoristas, mas para quem usa muito o carro, é uma tarefa meio complicada, certo? Errado!

O consumo de álcool ou gasolina está diretamente ligado aos hábitos do condutor. E com alguns cuidados, você pode sim economizar. Veja algumas dicas.

Ar-condicionado

Esse item é muito útil nos dias quentes, mas é operado pelo motor, ou seja, está diretamente ligado ao combustível. Então, se você deseja economizar, use o ar apenas quando for realmente necessário.

Troca de marcha

Na hora de trocar a marcha, respeite as velocidades certas para a mudança. Todo carro possui quais são essas velocidades no manual do proprietário. O uso correto do câmbio faz o motor não se esforçar, nem queimar combustível extra.

Aceleradas bruscas

Evite dar aceleradas muito fortes quando não houver necessidade. Assim como a troca de marcha repentina, isso faz com que o motor precise usar mais força e mais combustível.

Velas do carro

As velas são responsáveis por gerar a energia da câmara de combustão, onde o combustível é queimado para gerar força ao carro. Então, o bom estado das velas é essencial para o consumo de combustível.

Elas devem ser trocadas na quilometragem indicada pela montadora. Se uma das velas estiver com problemas, faça a troca de todo o jogo, para que continuem trabalhando em sincronia.

Filtros

Os filtros de combustível e de ar também devem ser revisados com frequência e trocados no tempo recomendado pela montadora. Eles são responsáveis pelo contato do combustível com o ar, então, uma pequena falha pode fazer essa mistura ficar irregular e gastar mais do que realmente o veículo precisa.

Mantenha a manutenção do carro em dia e fique de olho em seus hábitos no trânsito, pois eles podem ser a razão do gasto excessivo de combustível. Como já falamos aqui, verifique também qual combustível compensa mais para o seu veículo: etanol ou gasolina.

 

 

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com

 

 

 

 

 

 

 


Placa personalizada: saiba como escolher para o seu carro

Placa personalizada

Você sabia que agora os motoristas do estado de São Paulo podem escolher as combinações de letra e número da placa do carro?

Esse serviço é oferecido pelo Detran, na hora de registrar o automóvel. O proprietário pode escolher entre as 20 combinações disponibilizadas ou solicitar a personalização.

A escolha pode ser feita apenas para os números, apenas para as letras ou para a placa completa. Também deve ser levado em consideração as opções alfanuméricas disponíveis para o Estado de São Paulo, que ainda não estão sendo usadas por nenhum outro veículo.

Além do valor do emplacamento comum, que é de R$ 125, 53, quem deseja fazer a escolha e ter a placa personalizada precisa pagar uma taxa extra de R$ 97,07.  É importante lembrar que se o seu carro já foi emplacado, não pode mais ser alterado. O serviço é feito apenas em carros 0 km, que não possuem nenhum registro.

 

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com


Conheça os principais vilões da pintura do carro

cuidados com a pintura do carro

Quem não adora ter um carro com a pintura intacta? Além de deixar a aparência do veículo melhor, os cuidados com a pintura ajudam a agregar valor – o que é ótimo caso você decida vender seu carro.

Mas alguns costumes podem estar prejudicando a tinta e o brilho sem você perceber. Conheça algumas ações que você deve evitar para conservar a pintura.

Temperatura

As mudanças drásticas de temperatura são uma das causas mais comuns da tinta se desgastar. Isso faz a pintura expandir e contrair diversas vezes, o que causa rachaduras e falhas. Quem faz muitas viagens para o litoral precisa tomar o dobro de cuidado, pois além da mudança no clima, lugares com praia geram acúmulo de sal no veículo.

Locais de construção

Estacionar o carro perto de ambientes em construção faz com que o veículo entre em contato com muita poeira e até mesmo com cimento molhado – que possuem agentes químicos que ajudam a tirar a cor da tinta.

Pedras e rochas

Para quem costuma fazer viagens por estradas rochosas ou passa por estradas inacabadas, a dica é ficar de olho na velocidade. Pois durante o trajeto, a alta velocidade faz com que pedras e rochas amassem e risquem o veículo.

Umidade

Ao lavar o veículo, é necessário sempre secá-lo, com um pano macio (para não riscar). Deixar o carro molhado pode fazer com que alguns locais acumulem água e criem manchas e ferrugem, o que ajudará a deteriorar toda a pintura.

Limpadores

Os limpadores de carro precisam ser sempre escolhidos a dedo, pois devem ser de alta qualidade. Usar limpadores genéricos como sabão em pó ou detergente irá tirar todo o brilho do veículo. Nessa hora, evite também usar esponjas, panos e outros itens que sejam ásperos.

Para fazer a proteção da pintura, use ceras e limpadores com proteção UV, pois eles ajudam a proteger o veículo de possíveis rachaduras e desgastes.

 

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com

 


É preciso esquentar o motor antes de sair no frio? Descubra!

Esquentar o motor

O frio chegou! E mesmo que seja mais difícil sair da cama, as atividades do dia a dia continuam. Então, você levanta e entra de manhã no carro, gira a chave e ele não pega.

A primeira coisa que você pensa é se deveria ter esquentado o motor antes. Chegou a hora de tirar essa dúvida e saber os cuidados necessários durante as baixas temperaturas.

Existe um grande tabu sobre esquentar ou não o motor,  mas isso realmente é bom para o veículo durante as estações de frio. Isso acontece, pois as engrenagens e sistemas necessitam de mais energia para funcionar no frio, o que exige mais esforço do motor. Então, se ele for aquecido, irá trabalhar melhor durante todo o trajeto.

É preciso lembrar apenas que essa prática – muitas vezes necessária – deve ser feita em conjunto com outros cuidados. Se você esquecer de esquentar o motor e o carro não pegar de primeira, não tente repetidamente. Dar a partida diversas vezes irá danificar as velas e causar um grande prejuízo.

Deixe o veículo esquentando por pelo menos 15 minutos, esse é o tempo suficiente para repor a energia para dar a partida. Vale também desligar todos os componentes elétricos, como o ar condicionado e o rádio, assim a bateria não continua fornecendo mais energia do que deve.

Até a próxima,

Equipe Dispemec.com


Conheça o Tuning Show Brasil

Tuning Show

Um dos maiores eventos de carros tunados do país irá acontecer em São José dos Campos, no dia 9 de abril. E é claro que em uma reunião de apaixonados por carros, a Dispemec não ficaria de fora!  O Tuning Show Brasil chega trazendo muitas novidades e curiosidades do mercado automotivo.

Confira:

  • Área Exclusiva para Competidores
  • Área Exclusiva para exposição de Rebaixados e Tuning
  • Área Exclusiva para Paredão de Som
  • Arena de Manobras Radicais
  • Área Infantil (uma área dedicada inteiramente às crianças, com brinquedos infláveis para todas as idades)
  • Ampla Praça de Alimentação (3 pontos de praça de alimentação no evento, pontos móveis de bar e Food Trucks)
  • Salão de Exposições (estandes de venda de produtos, demonstração de serviços e Carros Show de Fabricantes e Lojistas.
  • Área exclusiva para Motos (exposição de todas as motos do evento)
  • Carreta Oversound com shows exclusivos
  • Top Djs, grandes marcas nacionais, sorteio de prêmios, brindes exclusivos e atrações surpresa

Gostou das atrações? Então venha participar com a gente! O evento é aberto para toda a família e conta com seguranças, ambulâncias e brigadistas. O Tuning Show acontecerá no Clube de Campo Luso Brasileiro (Estrada Municipal Pedro Moacir de Almeida, km 5, Vargem Grande – São José dos Campos -SP).

 

Esperamos todos vocês lá!

 

Equipe Dispemec.com


A importância da troca de água para o motor

Dispemec

Todos os veículos que funcionam a base de de gasolina ou etanol, geram energia a partir da combustão desses combustíveis. O que faz com que o carro necessite ser refrigerado e esse papel é atribuído a água do reservatório do radiador. Por isso é essencial ficar atento ao nível da água para evitar possíveis problemas e até a perda do motor. Mas como saber quando abastecer o reservatório?

O radiador possui como função, fazer a troca da água já aquecida, com o ar do local. Isso faz com que o motor se mantenha no nível ideal de temperatura. Geralmente os motores funcionam entre 115ºC e 135ºC e se passar desse nível de aquecimento, os problemas podem afetar todo o veículo.

E para manter o equilíbrio, é comum usar um aditivo junto com a água, chamado de líquido de arrefecimento. Essa mistura faz com que o ponto de ebulição aumente, permitindo atingir temperaturas mais altas sem prejudicar o funcionamento do motor.

Os carros de hoje em dia, possuem tecnologia suficiente para dar sinais mais claros de algo está errado. O cuidado mais simples é ficar sempre atento às luzes do painel, que irão sinalizar rapidamente  um possível superaquecimento. O ideal é fazer a troca do líquido a cada 30 mil quilômetros rodados ou a cada um ano.

Fique atento para não encher demais o reservatório, deixe sempre, pelo menos, três centímetros da borda. Mas se não souber exatamente qual aditivo misturar ou como colocar o líquido no reservatório, procure um mecânico para não correr riscos.

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com

 


Melhorias para conquistar clientes para sua oficina mecânica

oficina mecânica

A economia do país afetou muitos setores, o que inclui os serviços automotivos. E nesse momento, é muito importante tomar atitudes para se destacar no mercado, melhorar os negócios e, consequentemente, conquistar mais clientes. Mas o que fazer para atrair novos clientes e fidelizar os antigos? Veja algumas dicas, para colocar em prática durante o ano e alavancar a sua oficina mecânica.

Serviços Variados

Os consumidores modernos se tornaram mais exigentes. E querem ir em um local onde possam resolver o máximo de problemas possíveis. Por isso, oferecer serviços variados é essencial. As pessoas querem praticidade, então além do conserto do veículo, a oficina pode oferecer um atrativo extra, como a venda e instalação de acessórios, por exemplo. Outro bom negócio é prestar serviços que precisam ser feitos regularmente, como a limpeza do ar-condicionado.

Espaço

Se sentir acolhido e aconchegante em um estabelecimento faz a maioria das pessoas retornarem. E com recursos mínimos, você pode transformar a sua oficina em um local agradável para os clientes. Troque as lâmpadas amarelas por lâmpadas de LED, que iluminam melhor e duram mais. Faça uma limpeza regular e mantenha o espaço organizado. Crie um cantinho especial para o cliente ficar enquanto espera o reparo do veículo, coloque atrativos nesse local como uma cadeira confortável, uma TV e acesso à internet.

Marketing

Toda empresa precisa ser divulgada para que mais pessoas a conheçam. Mas é importante lembrar que a estratégia de marketing escolhida só deve ser iniciada se você realmente for mantê-la. Criar perfis nas redes sociais para divulgar os seus serviços e fazer parcerias com outras empresas, para oferecer promoções, são opções fáceis e que podem dar resultados incríveis.

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com

 


Como economizar água e tornar a oficina sustentável

trocadeoleo_sustentabilidade

A falta de água é um pesadelo para todos. E você tem como contribuir com a economia de água não só na sua casa, mas também na oficina mecânica. Já existe uma regulamentação sobre o descarte de água nas oficinas mecânicas, e pensar na sustentabilidade do estabelecimento é imprescindível para o diferencial do seu negócio.

Pensando nisso, o IQA – Instituto da Qualidade Automotiva criou a certificação Selo Verde para as oficinas mecânicas. Esse selo ajuda você a saber como fazer a separação dos resíduos e o descarte correto de peças e outros resíduos.

A mistura de água e óleo, derivada da lavagem de motores e das trocas de óleo, deve ser descartada em caixas decantadoras, que separam as duas substâncias. O óleo coletado pode ser vendido para empresas.

Vale a pena ficar atento: a Cetesb pode multar a empresa que descartar óleo indevidamente.

Afinal, tudo o que ninguém quer é que a água misturada com óleo vá parar nos reservatórios, hoje com níveis tão baixos de água.

E se você não abre mão de devolver o carro limpo para o cliente, é possível coletar a água da chuva para a lavagem da oficina e dos carros. Pense também na possibilidade de passar a fazer a lavagem dos carros a seco.

 

Outra medida é colocar avisos sobre o fechamento de torneiras e mangueiras. E nos banheiros, usar produtos que eliminam a graxa das mãos sem a necessidade de deixá-las por um longo tempo embaixo da torneira.

 

Assim, sua oficina cuida da água que todos irão consumir e ainda fica “bem na fita” com os clientes.

Um abraço!

Equipe Dispemec.com


Gestão de oficinas mecânicas (parte 3) – Sustentabilidade é coisa séria

pneus

Estamos na era da sustentabilidade. E sabe o que isso quer dizer? Que os donos de oficinas mecânicas devem ficar de olhos bem abertos, pois ações de fiscalização tornaram-se cada vez mais frequentes. José Fábio Tau Junior, gerente regional do SEBRAE, explica pra gente a importância de estar em dia com as boas práticas de proteção ambiental:

– É preciso ter cuidado no descarte de materiais como pneu, óleo, bateria e água: Veja o Guia de Sustentabilidade do SEBRAE Clique Aqui

– O uso de Equipamentos de Proteção Individual – EPI (NR6) é obrigatório em todas as atividades de reparação automotiva.

Leia mais…