Quem procura autopeças encontra o que precisa na DISPEMEC

Há mais de 30 anos a DISPEMEC atende às necessidades de clientes que não abrem mão de qualidade, praticidade e segurança na hora de comprar autopeças.

Acesse agora

Posts para » montadoras

Recalls em alta: entenda como funcionam

recalls

O número de veículos com defeitos de fabricação, convocados para os recalls, teve um aumento significativo no ano passado.

Segundo dados do Procon, em 2016 foram chamados cerca de 1,5 milhões de carros. Já em 2017, o número subiu para 1.853.984, um novo recorde desde 2015, quando 2,7 milhões de carros foram convocados para o megarecall mundial de airbags.

Apesar dos recalls serem cada vez mais comuns, ainda geram muitas dúvidas nos consumidores. Conheça os detalhes sobre essas solicitações das montadoras e esteja preparado caso o seu carro seja chamado:

O que é um recall?

Como o nome sugere, é a chamada de uma linha ou lote de carros, que apresentam defeitos de fabricação. Os recalls são procedimentos previstos pelo Código de Defesa do Consumidor, que garante a responsabilidade das montadoras de arrumar as falhas, para que elas não causem nenhum acidente.

Como funcionam?

Ao entender qual é o defeito, a montadora tem a obrigação de iniciar uma campanha para informar os proprietários e convocar os veículos. Depois disso, os motoristas precisam levar o carro até o local indicado, para que todos os reparos necessários sejam feitos gratuitamente.

É importante lembrar que, mesmo que o período de campanha do recall tenha passado, os carros chamados podem e devem ser atendidos pela montadoras ou oficinas autorizadas, sem nenhuma cobrança extra.

Para saber se o seu veículo foi chamado para algum recall, basta entrar no site do Denatran, se cadastrar, clicar em “Consultar Recall” e fornecer o número do chassi.

 

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com


Top 10: conheça os carros mais vendidos de 2017

blog dispemec

O mercado automotivo nunca para, ainda mais com a volta da estabilidade financeira do país e, consequentemente, da população.

De acordo com a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), o total de vendas de 0km durante o ano de 2017, foi 9,94% maior do que em 2016.

Confira quais carros foram os mais vendidos durante esse ano tão significativo para o setor:

tabela blog mais vendidos

  1. Chevrolet Onix – 188.654 unidades
  2. Hyundai HB20 – 105.539 unidades
  3. Ford Ka (hatch) – 94.893 unidades
  4. Volkswagen Gol – 73.919 unidades
  5. Renault Sandero – 68.988 unidades
  6. Chevrolet Prisma – 67.344 unidades
  7. Toyota Corolla – 66.188 unidades
  8. Fiat Strada – 54.870 unidades
  9. Fiat Mobi – 54.270 unidades
  10. Fiat Toro – 50.723 unidades

 

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com


Carro 0km: financiar ou comprar à vista?

blog dispemec

Comprar um carro 0km é um grande investimento, que exige cuidado, planejamento e muita atenção.

Na hora de pesquisar os modos de pagamento, o financiamento pode até parecer mais leve para o seu bolso, mas essa opção é capaz de tornar seu sonho ainda mais caro.

Por isso, comprar seu carro à vista pode ter muitas vantagens, como a diminuição das taxas de juros. Mas atenção: em qualquer forma de pagamento, é necessário ficar atendo a alguns detalhes que, geralmente, passam despercebidos. Confira algumas dicas!

Custo Efetivo Total

Na hora da pesquisa de valores, não são só os juros do banco que devem ser levados em conta. É preciso observar o CET (Custo Efetivo Total), o valor total final do carro, que inclui também as taxas das montadora e de todas as despesas e encargos necessários para a compra.

Essas taxas dos bancos, das montadoras e de todos os encargos, quando financiadas, podem chegar a 4%, tornado o CET maior do que se o veículo fosse comprado à vista. Também é importante lembrar que, à vista, o CET pode ainda ter uma redução de 3% a 10%, o que diminui muito o valor total do carro.

Taxa de rentabilidade

Muitas pessoas acham que não vale a pena deixar dinheiro rendendo no banco e preferem financiar seu veículo. A verdade é que a taxa de rentabilidade de um investimento bancário, quando bem aplicado, pode chegar até 0,8% – já descontando os impostos.

Isso significa que financiar o carro só seria mais vantajoso, se  os juros das parcelas fossem menor do que o valor da rentabilidade. Então, se você está pensando em fazer um financiamento, procure saber antes quais as taxas e resultados de uma aplicação no banco e compare os valores.

Não consigo poupar, o que fazer?

Guardar dinheiro ou deixar render para comprar o carro à vista, apesar de ser a melhor opção, não é uma tarefa muito fácil. Então, se você realmente preferir financiar o seu veículo, dê a maior entrada que conseguir, isso irá diminuir o valor das taxas, dos impostos e, é claro, das parcelas.

Agora que você sabe qual a melhor forma de pagamento, já pode se planejar para realizar seu sonho de ter um 0km.

Até a próxima,

 

Equipe Dispmec.com

 


Top 10: os modelos mais vendidos em outubro de 2017

blog dispemeccccc

Apesar do país ainda estar vivendo uma crise financeira, o setor automotivo continua com força total.

De acordo com a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), o mês de outubro deste ano, teve um aumento de 5% nas vendas de carros 0km, em relação ao mesmo mês de 2016.

Dessas vendas, a montadora GM garantiu a liderança, com 19% da comercialização, seguida da Ford, com 11% e da Volkswagen, com 10%. Ainda no mês de outubro, confira os modelos que mais saíram para as ruas:

 

nova versão

1º Chevrolet Onix – 18.322 unidades

2º Ford Ka – 9.689 unidades

3º Hyundai HB29 – 8.878 unidades

4º Volkswagen Gol – 6.280 unidades

5º Chevrolet Prisma – 6.203 unidades

6º Toyota Corolla – 5.934 unidades

7º Fiat Mobi – 5.407 unidades

8º Fiat Strada – 5.392 unidades

9º Jeep Compass – 4.963 unidades

10º Honda HR-V – 4.488 unidades

 

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com