Quem procura autopeças encontra o que precisa na DISPEMEC

Há mais de 29 anos a DISPEMEC atende às necessidades de clientes que não abrem mão de qualidade, praticidade e segurança na hora de comprar autopeças.

Acesse agora

Posts para » íons

Radiador: porque não usar água da torneira

blog Dispemec

A água da torneira é constantemente usada para completar os fluidos do radiador. Mas, apesar de ser uma prática comum, ela não é recomendada e pode prejudicar o seu carro.

Apesar de ser usada até nos postos de gasolina, a água distribuída nas torneiras possui alta concentração de cloro e sais minerais, que podem sujar o radiador e até corroer as peças.

E como esse sistema precisa ser alimentado com 50% do fluido e 50% de água, a saída é optar pela água desmineralizada. Quer saber mais? Confira as propriedades dessa solução e os benefícios que ela traz para o automóvel.

O que é a água desmineralizada?

É a água totalmente pura! Também conhecida como deionizada, ela passa por um processo que utiliza resinas, para gerar uma troca iônica e eliminar minerais, metais, cloro ou qualquer substância presente.

Qual a vantagem para o carro?

Como a água é totalmente pura, evita possíveis oxidações e corrosões nas peças do sistema de arrefecimento. Outro benefício, é que ela não altera a composição do fluido e dilui com mais facilidade, o que ajuda a manter a temperatura correta e a lubrificação mais duradoura.

Se ela é tão boa, posso usá-la sem o fluido?

Não. Apesar de ser pura, a água não consegue manter as temperaturas do carro sozinha, já que abaixo de 0 ºC ela congelaria no reservatório e acima de 100 ºC entra em ebulição. O correto é sempre abastecer o radiador com 50% de fluido e 50% da água desmineralizada.

Vale lembrar que, em caso de emergência e na falta da água desmineralizada, você pode – e deve – usar só a água, mas só se for para fazer um trajeto curto até a oficina mecânica.

 

Até a próxima,

 

Equipe Dispemec.com