Quem procura autopeças encontra o que precisa na DISPEMEC

Há mais de 29 anos a DISPEMEC atende às necessidades de clientes que não abrem mão de qualidade, praticidade e segurança na hora de comprar autopeças.

Acesse agora

Posts para » cuidados

Gestantes: cuidados e dicas ao volante

^AF3227271928E12B77356AEF62F78AD1B0A630CD74B26C7948^pimgpsh_fullsize_distr

A gravidez é um período muito especial, que exige que algumas atividades comuns sejam feitas com mais cuidado, como dirigir.

O ideal, é que a mulher evite se estressar no trânsito ou se envolver em situações de forte impacto, como uma brecada brusca.

Mas para muitas pessoas, é impossível não utilizar o carro para trabalhar, estudar e fazer outras atividades diárias. E por mais que não exista leis de precaução para essa fase, existem alguns cuidados ao volante que podem tornar as trajetórias das futuras mamães mais seguras. Confira:

Período da gestação

Se a gestação não tiver nenhum risco ou complicação constatada pelo médico, a mulher pode continuar dirigindo até cerca do 8º mês. Depois desse período, o bebê já está comprimindo muito a bacia da mãe e o desconforto, cólicas e necessidade de fazer xixi aumenta – não sendo as melhores situações para estar dentro de um veículo.

Cinto de segurança

Em qualquer situação o cinto de segurança é essencial e diferente do que muitas pessoas pensam, durante a gravidez ele pode (e deve) ser usado normalmente. O seu posicionamento continua o mesmo: a faixa diagonal passa pela linha dos ombros e pelo meio do peito, já a faixa horizontal fica logo abaixo da barriga.

Mesmo que a barriga esteja muito grande, o cinto continua sendo obrigatório, tanto para a mamãe que for dirigir quanto para a passageira. Como o cinto não passa pelo meio da barriga, não afeta em nada o bebê, só ajuda a protegê-lo em caso de impacto.

Distância do banco

O banco precisa estar em uma distância confortável e que acomoda a barriga, preste atenção apenas se a distância não irá atrapalhar o contato com os pedais. A posição do banco também deve estar confortável, mas o quanto mais reto estiver o apoio das costas, mais reta sua postura ficará e menos dores irá sentir.

Mesmo que a gravidez não tenha nenhum risco, dirija apenas quando realmente for necessário. Não exagere na velocidade nem no tempo que passará no trânsito, todo estresse deve ser evitado nessa fase.

Até a próxima,

Equipe Dispemec.com


Informações que você precisa na hora de trocar o pneu do carro

qualidade dos pneus

Os pneus são os itens que mais sofrem impactos, já que são os responsáveis por fazer o veículo se movimentar. Chega uma hora que a troca é inevitável para o funcionamento correto do carro e para a segurança do motorista e dos passageiros. Mas essa compra pode gerar muitas dúvidas. Saiba mais sobre a qualidade e as informações que você precisa ter na hora de comprar pneus novos.

Se o seu pneu está desgastado, careca ou com marcas irregulares, significa que chegou a hora de fazer a troca. E um fator importante é o tamanho e a largura, que influenciam em todo o sistema do carro. Muitas pessoas trocam o tamanho sem verificar o que é adequado para o modelo do seu veículo e isso pode causar danos e acidentes. O mais indicado é verificar as especificações no manual do proprietário ou na borda lateral do pneu.

Outra dúvida que ronda os compradores é a qualidade do pneu, muitos acham que os importados são melhores, já outros preferem os nacionais. A verdade é que a origem do não importa, pois todas as marcas passam pelo mesmo sistema de verificação e controle de qualidade do INMETRO. Por isso a melhor opção é procurar as marcas que possuem o selo de qualidade e que você ou o seu mecânico já comprovou a qualidade.

Você também precisa verificar sempre a classificação de velocidade do pneu que pretende comprar, para ter certeza que é o adequado o modelo do seu carro. A classificação certa irá garantir maior estabilidade e segurança.

Se na hora de fazer essa importante compra alguém te oferecer um pneu remold, não aceite. Apesar do preço ser atraentemente mais barato, esse tipo de pneu usado recebe uma nova camada de borracha e é vendido como semi-novo. As falhas antigas do pneu continuam presente, o que pode fazer você correr muitos riscos. Assista ao vídeo do nosso canal Mecânica Fácil e veja como aumentar a vida útil dos seus pneus!

Até o próximo post!

Equipe Dispemec.com