Quem procura autopeças encontra o que precisa na DISPEMEC

Há mais de 29 anos a DISPEMEC atende às necessidades de clientes que não abrem mão de qualidade, praticidade e segurança na hora de comprar autopeças.

Acesse agora

Novas placas automotivas: Brasil adota padrão Mercosul


blog Dispemec

O setor automotivo é um dos que mais cresce, quando o assunto é tecnologia. E nem as placas automotivas escaparam desses avanços: agora elas terão chip e QR code integrado.

O modelo padrão do Mercosul, já adotado pela Argentina, começa a valer no Brasil a partir do dia 1º de setembro de 2018.

Mas não se preocupe, a data será válida para carros zero quilômetro ou que passarem por processo de transferência de município ou propriedade. Os carros usado, já emplacados, terão até o dia 31 de dezembro de 2023 para se adequarem ao novo padrão. Quer saber mais? Confira detalhes sobre a nova placa abaixo:

foto blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O que a placa tem de diferente da antiga?

A placa usada hoje possui quatro letras e 3 números, diferente da nova, que terá três letras e quatro números – que podem ser embaralhados, como as placas da Europa. Ela também vai ter o nome do país na parte superior e a identificação de cidade e estado ficarão na lateral direita, acompanhados de seus brasões.

O tamanho permanece o mesmo, mas as cores das impressões das letras e números serão modificadas por modalidade:

  • Carros de passeio: preto
  • Carros comerciais: vermelho
  • Carros oficiais: azul
  • Carros teste: verde
  • Carros diplomáticos: dourado
  • Carros de colecionadores: prateado

Qual a utilidade do chip integrado e do QR Code?

O chip e o QR Code terão informações do veículo que poderão ser acessadas por órgãos vinculados ao Denatran, como as polícias Federal e Rodoviária e a Receita Federal. Além da identificação da regularidade do carro, será mais fácil encontrar carros roubados e identificar placas clonadas.

Então ela será mais cara?

Ainda não foram divulgados os valores da nova placa, mas segundo o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), o novo modelo torna a produção padronizada, o que pode diminuir os custos para os Estados.

Apesar de não ser necessário, os motoristas de carros usados que quiserem trocar a placa, antes da data limite, podem fazer a solicitação a partir de setembro, no Detran da sua cidade.

Até a próxima,

Equipe Dispemec.com


Categorias: Dica do Dix

Tags: , , , , , , , , ,