Quem procura autopeças encontra o que precisa na DISPEMEC

Há mais de 30 anos a DISPEMEC atende às necessidades de clientes que não abrem mão de qualidade, praticidade e segurança na hora de comprar autopeças.

Acesse agora

5 dicas (que quase ninguém conta) para quem viaja muito


dicas-praquem-viajal

Você passa boa parte do tempo na estrada? Então, seu carro e você merecem cuidados extras, para evitar aquele famoso “Pois éééé” no acostamento.

Sendo assim, engata a segundona e siga as nossas dicas, para você aproveitar a viagem e voltar seguro para casa.

 

Pneus

– Calibragem com carga

Tá com muita bagagem? Isso altera a calibragem do pneu, que precisa estar correta para garantir a aderência, a estabilidade e até evitar que o pneu escape da roda numa curva mais acentuada. Outra vantagem é que carros calibrados corretamente gastam menos combustível.

Cada carro tem uma especificação correta para calibragem com e sem carga. Você pode verificar essa informação no manual e na tampa do combustível. O ideal é calibrar já com as bagagens no carro e os pneus frios – menos de 3 km rodados. Ah, e não esqueça do estepe.

 

– Troca rápida

Apesar de todos os cuidados, o pneu furou! Uma situação nada incomum para quem roda muito nas estradas brasileiras, nem sempre em bom estado de conservação.

Para facilitar a sua vida, existem chaves de roda alongadas, que diminuem a força que você tem de fazer para soltar ou apertar os parafusos. É, literalmente, uma mão na roda. Afinal, quanto menos tempo parado no acostamento, melhor para a sua segurança.

Troca de Óleo Antecipada

Suas viagens incluem estradas de terra, com lama, poeira ou barro? Ou você pega longos engarrafamentos? Nessas situações, chamadas de “uso severo”, a troca do óleo do motor deve ser efetuada na metade do prazo indicado.

E atenção para mais um detalhe. É preciso trocar o óleo e, necessariamente, o filtro do óleo. Essa medida simples tem um ótimo custo benefício, pois evita o desgaste de peças de custo elevado.

 

Calha de chuva

Se a temperatura estiver baixa, é muito chato deixar o ar condicionado ligado, para evitar que o para-brisa embace – ainda mais se você estiver com crianças e o percurso for longo.

Se o carro não vier equipado com ar, a situação piora, pois o motorista acaba se molhando ao deixar o vidro aberto ou o ar fica abafadão!

Com a calha de chuva, você pode deixar uma boa fresta aberta, até 4 cm. O carro vai ficar ventilado e as gotas não vão te molhar.

Sono ao volante

Estatísticas mundiais mostram que entre 26% e 32% dos acidentes de trânsito são provocados por motoristas que dormem na direção. Para se ter uma ideia, 19 horas de privação de sono causam uma queda no desempenho equivalente à ingestão seis copos de cerveja.

O ideal é dormir de maneira regular, de 7 a 9 horas. Mesmo assim, caso perceba que o sono está chegando, os especialistas recomendam cochilos de no máximo 15 minutos, principalmente nos horários em que, segundo os pesquisadores, corremos mais risco de sermos vencidos pelo sono: entre 12h30 e 14h e das 22h às 6 da manhã.

Conhece alguém que vive na estrada? Que tal compartilhar este post com ele e evitar o desgaste do carro e acidentes?

Até o próximo post!

Equipe Dipemec.com


Categorias: Dica do Dix

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,